Mairiporã - SP -
 
 
 
 
   
 
 

JOGOS COOPERATIVOS

 


De modo geral, os jogos podem ser divididos em: individuais e coletivos. Já os jogos coletivos podem ser: cooperativos ou competitivos.

Para entendermos melhor o que significa jogos cooperativos, precisamos definir também os jogos competitivos. No cooperativo, trabalhamos em grupo para superar desafios e todos os participantes são beneficiados. Valoriza-se o processo (inclusão). Já no competitivo, as metas são basicamente individuais, onde se joga para vencer o outro e os benefícios cabem somente para alguns. Valoriza-se o resultado final (exclusão).

Sempre que falamos em jogos cooperativos, acabam surgindo várias questões. Uma das mais relevantes é quanto ao aspecto competitivo, se ele é cultural ou natural. Segundo estudiosos, foi comprovado que é a estrutura social que irá determinar, se membros da comunidade irão cooperar ou competir entre si.

Na nossa sociedade, desde pequenos fomos estimulados pela competição. Ao tomarmos conhecimento das vantagens das práticas cooperativas e optarmos por esta proposta, devemos propor uma transformação (mudança). A transformação só é possível quando se acredita nesta necessidade, pois é um processo dinâmico de dentro para fora e deve ser gradual.

Os jogos cooperativos estão fundamentados em alguns princípios: a inclusão; a coletividade; a igualdade de direitos e deveres; o desenvolvimento humano e a processualidade.

Ao trabalharmos com jogos cooperativos podemos desenvolver: a cooperação; a empatia; a estima e a comunicação.

Para começarmos a aplicar os jogos cooperativos devemos diminuir a competição, para isso temos que: evitar jogos que busquem a eliminação; fugir de jogos individuais e valorizar os jogos em grupos; quando for dividir em times usar formas criativas e não por ter mais ou menos habilidades; propor jogos competitivos e cooperativos para que o grupo possa perceber onde se sente melhor; permitir que a liderança circule pelo grupo aonde todos devem em algum momento liderar; abrir espaço para que a intercomunicação de idéias aconteça e sempre que for necessário parar o jogo e discutir com o grupo que esta jogando.

Nos jogos cooperativos agente joga uns COM os outros e não CONTRA os outros.

 
 
Prof. Adriano de Souza Russo
Licenciado em Educação Física
Pós-graduado em Lazer e Animação Sociocultural
russoas@yahoo.com.br