Mairiporã - SP -
 
 
 
 
   
 
 
Consulta Astrológica
 

Quando alguém se dá ao trabalho de localizar um astrólogo e encomenda um mapa já deu o primeiro passo em busca de um método de auto transformação e crescimento pessoal. Não importa em que área há a crise, mas sim localizar qual é o melhor método de lidar com esta situação. Toda vez que se aceita um desafio tem-se que lidar com a sombra antes de alcançar a luz. Nosso cotidiano esta preenchido
de ritos iniciáticos e nem sempre nos damos conta. Cabe ao astrólogo saber perceber observando atentamente o mapa, qual linguagem usar com cada cliente. Respostas que já vem prontas em pacotes de nada servem para alcançar este tipo de redenção.
Existe nos meios astrológicos discuções calorosas que defendem a posição que a astrologia basta a si mesma, não concordo, no sentindo estreito desta observação, a astrologia quando bem compreendida mostra ao cliente, o caminho , a direção, e as ferramentas que ele poderá usar para curar qualquer área da vida física ou de qualquer um de corpos, sempre e quando aquele que recebe a consulta estiver apto a trocar todas as posições que forem indicadas.
Se e quando existirem situações que não podem ser resolvidas da maneira que o dono do mapa quer, é obrigação do astrólogo demonstrar esta verdade de maneira tão amorosa e firme que aquele que ouve, o ouvirá. Nada pode ser imposto a ninguém, e ler um mapa verdadeiramente é colocar-se a disposição de ter uma conversa franca que traduza o mais próximo possível o que a Presença daquele que consulta pede neste preciso momento.
Pode parecer que este tipo de leitura fica com um halo extremamente místico e pretensioso, porém este é apenas um trabalho, que como qualquer trabalho bem feito e com seriedade, envolve conhecimento técnico vindo de muito estudo, pratica, entrega, amor, e conforme o raio de ação do astrólogo as qualidades pertinentes a este raio. O que a meu ver neste momento da existência planetária esta sendo menos necessário, e até mesmo arriscado é o que por muito tempo foi chamado de previsões astrológicas , aquelas deterministas, catastróficas, que não deixavam nenhuma escolha ou participação ao cliente.
A humanidade em um passado muito recente pode se valer de forma gratificante deste tipo de prática, mas penso que o novo homem que surge, nasce na individualidade plenamente consciente do melhor de si mesmo após um trabalho intenso e por vezes desconfortável de purificar-se de tudo aquilo que ele não é, esta é a crise de nascimento que ocorre de leão para aquário.
Podemos juntar a astrologia, florais, terapias, cuidados com o corpo etc... tudo pertinente a quem se cuida.
Não esquecer a limpeza da memória cármica, a utilização de decretos, a purificação dos arquétipos para a construção de indivíduo cada vez mais próximos e integrados à Presença Eu Sou .
Esta é a nova Astrologia , aquela que mostra para o indíviduo a possibilidade de se desvencilhar dos grilhões e aprisionamentos da falta de consciência do poder de expressar Deus em nós. Tenho visto verdadeiros saltos dados por pessoas acima das dificuldades da astrologia pessoal para o nível transpessoal, e posteriormente para a algo ainda acima disto, pessoas que se tornam verdadeiros donos de seus mapas construírem verdadeiras quebras de padrão das ditas dificuldades sugeridas pelos astros. A Astrologia mostra a dificuldade e a saída, que é o esforço consciente feito por aquele que se deixa guiar pela Presença que indica como seguir em frente em busca de Sua expressão no Plano. Ah! Sim, e o que é profundamente importante ancorado no Planeta através de um serviço, e não fora de órbita sem saber qual seu verdadeiro trabalho.

 
 
Maria Luiza Giannini